A polarização do emprego e a sua qualidade num contexto de crise: Observatório Europeu de Ofertas de Emprego 2013

Este relatório descreve mudanças na estrutura do emprego ocorridas recentemente nos mercados de trabalho europeus, antes, durante e depois da recessão de 2008-2009. Conclui que a perda de postos de trabalho em toda a Europa durante a recessão contribuiu fortemente para uma polarização em termos da estrutura salarial, embora esta tivesse sido menor em 2010-2012. Uma abordagem baseada no emprego identifica a forma como as mudanças no emprego líquido, a nível nacional e da UE, foram distribuídas pelos postos de trabalho em diferentes quintis do espetro salarial. Existem dois critérios alternativos para a classificação dos empregos, os quais têm por base o nível médio de escolaridade dos trabalhadores e uma medida multidimensional da qualidade do emprego, o índice de qualidade não-pecuniária do emprego. Este novo índice, que resulta da utilização dos dados do quinto Inquérito Europeu sobre as Condições de Trabalho, tem por base a agregação de informações relativas a uma grande variedade de atributos do emprego que os especialistas em assuntos sociais associam ao bem-estar dos trabalhadores.



Descarregar ficheiro PDF: PT (pdf 47.67 Kb)
Useful? Interesting? Tell us what you think. Hide comments

Add new comment