A evolução do tempo de trabalho no século XXI: a duração do trabalho e a sua regulamentação na UE

O presente relatório analisa as principais tendências e factos marcantes que caracterizaram a evolução dos aspetos mais importantes do tempo de trabalho acordado coletivamente na União Europeia durante a primeira década do século XXI. Baseando-se principalmente nas informações recolhidas pela Eurofound em todos os Estados-Membros da UE e na Noruega, centra-se especificamente em cinco setores: produtos químicos, metalurgia, banca, comércio retalhista e administração pública. O relatório descreve os regimes institucionais de regulamentação e avalia a evolução dos horários de trabalho acordados (horas dedicadas ao trabalho de acordo com as convenções coletivas ou acordadas entre empregadores e trabalhadores) e dos horários de trabalho normais (horas normalmente dedicadas ao exercício de atividades profissionais) entre 1999 e 2014. O relatório dá conta ainda da tensão existente entre a pressão no sentido da diminuição do horário de trabalho, em prol de um melhor equilíbrio entre vida pessoal e profissional e da redução dos problemas de saúde dos trabalhadores, e a necessidade de flexibilizar o tempo de trabalho para responder às exigências de uma economia moderna a nível mundial.

Useful? Interesting? Tell us what you think. Hide comments

Add new comment