Condições de trabalho de trabalhadores de diferentes idades

As alterações demográficas estão a mudar a configuração da vida profissional em toda a UE. A maior procura, num conjunto de trabalhadores em contração, de satisfação das necessidades sociais de uma população em envelhecimento está a conduzir a aumentos da taxa de emprego de trabalhadores mais velhos e a um prolongamento da vida profissional. De um modo geral, as reformas políticas concentraram-se no aumento da idade legal de reforma e no fornecimento de incentivos financeiros a trabalhadores mais velhos para que continuem a trabalhar após a idade de reforma. Contudo, existe um conjunto de outros fatores que também influenciam a decisão dos trabalhadores de continuarem a trabalhar até uma idade mais avançada – nomeadamente, saúde e bem-estar, equilíbrio entre a vida profissional e a vida privada, perspetivas de carreira e segurança do emprego, e condições de trabalho como autonomia, horas de trabalho e aspetos psicossociais do local de trabalho. O presente relatório analisa estes fatores em profundidade nos 28 Estados-Membros da UE, recorrendo a dados do mais recente Inquérito Europeu sobre as Condições de Trabalho (IECT 2015) e no contexto do conceito de «trabalho sustentável ao longo da vida» da Eurofound.

Useful? Interesting? Tell us what you think. Hide comments

Add new comment