Cooperativas e empresas sociais: Trabalho e emprego em determinados países

As cooperativas e as empresas sociais são reconhecidas pela sua capacidade de resiliência a mudanças económicas cíclicas e estruturais e pela sua capacidade de contribuir para o desenvolvimento económico local e regional, incluindo a inclusão social. Nos últimos anos, a atenção centrou-se cada vez mais na sua capacidade para promover os objetivos políticos da UE de criar mais e melhores empregos, combater a tendência para o emprego atípico e promover a integração na UE na sequência da crise financeira mundial de 2008. Com base em estudos de casos de organizações em cinco Estados-Membros da UE, o presente relatório analisa o contributo das cooperativas e das empresas sociais europeias para a criação e manutenção de emprego. Descreve as características dos empregos criados e mantidos, bem como as várias medidas de apoio utilizadas pelas organizações para desenvolver e inovar. Oferece alguns indicadores para políticas destinadas a apoiar a criação destes postos de trabalho em cooperativas e empresas sociais.

Useful? Interesting? Tell us what you think. Hide comments

Add new comment