Occupational profiles in working conditions: Identification of groups with multiple disadvantages

Report
Published
19 August 2014
pdf
Formatos
Executive summary in 24 languages
Descarregar

Resumo

Job quality indexes are constructed on the basis of such aspects of working conditions as earnings, prospects, working time, and intrinsic job quality. Occupations where job quality is consistently low are labelled ‘occupations with multiple disadvantages’. This report uses Read more
Job quality indexes are constructed on the basis of such aspects of working conditions as earnings, prospects, working time, and intrinsic job quality. Occupations where job quality is consistently low are labelled ‘occupations with multiple disadvantages’. This report uses data from the fifth European Working Conditions Survey to identify such occupations. It finds that workers in mid-skilled manual and lowskilled occupations do quite poorly when it comes to earnings, prospects and intrinsic job quality, and they report relatively low levels of both physical and mental well-being. However, their working time quality is generally good. In contrast, workers in high-skilled occupations do relatively well on almost all job quality indicators, except working time.
Read less

Formatos

  • Relatório

  • Executive summary

    Number of pages: 
    2
    N.º de referência: 
    ef14131
    Catalogue info

    Perfis profissionais nas condições de trabalho: identificação de grupos com desvantagens múltiplas

    Autor(es): 
    Eurofound
    Os índices de qualidade do emprego são elaborados com base em aspetos das condições de trabalho como salários, perspetivas, tempo de trabalho e qualidade intrínseca do emprego (o que inclui qualificações, autonomia, ambiente social, riscos físicos e intensidade do trabalho). As profissões em que a qualidade do emprego é sistematicamente baixa são rotuladas de «profissões com desvantagens múltiplas», sendo as condições de tal forma insatisfatórias que é difícil para as pessoas permanecerem nesses empregos. Este relatório utiliza dados do Quinto Inquérito Europeu sobre Condições de Trabalho para identificar tais profissões. O relatório constata que os trabalhadores que exercem profissões de cariz manual com um grau de especialização médio e baixo registam uma má classificação em termos de vencimento, perspetivas e qualidade intrínseca do emprego e relatam baixos níveis de bem-estar, tanto a nível físico como mental. No entanto, a sua qualidade de tempo de trabalho é geralmente boa. Pelo contrário, os trabalhadores que exercem profissões altamente qualificadas registam classificações relativamente boas em quase todos os indicadores de qualidade do emprego, exceto no que respeita ao tempo de trabalho.


    Disponível para descarregamento em 24 línguas

    Descarregar

Part of the series

  • European Working Conditions Survey 2010

    Eurofound’s European Working Conditions Survey (EWCS) paints a wide-ranging picture of Europe at work across countries, occupations, sectors and age groups. This series consists of findings from the EWCS 2010, the fifth edition of the survey. The survey was first carried out in 1990.

Useful? Interesting? Tell us what you think. Hide comments

Add new comment