Industrial relations and social dialogue

Salários mínimos em 2021: Avaliação anual

Report
Published
10 June 2021
pdf
Formats and languages
Executive summary in 22 languages
Descarregar

Principais conclusões

  • Os salários mínimos foram aumentados cautelosamente na maioria dos Estados-Membros de 2020 para 2021, com a média dos países a registar um aumento de 3 % (calculado em moedas nacionais). Apenas alguns Estados-Membros decidiram congelar o nível de salário mínimo em 2021, ao contrário do que aconteceu durante a crise financeira.
Read more
  • Os salários mínimos foram aumentados cautelosamente na maioria dos Estados-Membros de 2020 para 2021, com a média dos países a registar um aumento de 3 % (calculado em moedas nacionais). Apenas alguns Estados-Membros decidiram congelar o nível de salário mínimo em 2021, ao contrário do que aconteceu durante a crise financeira.
  • Em países sem salários mínimos nacionais (Áustria, Dinamarca, Finlândia, Itália, Suécia e Noruega), os aumentos salariais foram moderados, mas, em geral, as negociações revelaram-se razoavelmente estáveis. Como a negociação coletiva foi, em alguns casos, afetada pela pandemia, foram adiadas algumas renovações e aumentos salariais.
  • O principal desafio enfrentado pelos decisores durante as rondas de 2020 para definição do salário mínimo foi a incerteza económica geral que rodeou a pandemia. Mesmo podendo fazer previsões, estas eram mais incertas e voláteis do que o habitual.
  • As posições dos parceiros sociais sobre a proposta de diretiva relativa ao salário mínimo na UE permanecem inalteradas. Em termos gerais, as organizações de empregadores são mais críticas, preferindo uma recomendação desprovida de força vinculativa. A maioria dos sindicatos são a favor da iniciativa, mas gostariam que esta fosse mais longe. As posições dos governos são heterogéneas.
Read less

Resumo

Este relatório resume a forma como os índices salariais mínimos para 2021 foram definidos durante 2020, o ano marcado pela pandemia de COVID-19. Analisa as dificuldades enfrentadas pelos decisores nacionais e a forma como estes reagiram aos desafios económicos e sociais da pandemia aquando da tomRead more

Este relatório resume a forma como os índices salariais mínimos para 2021 foram definidos durante 2020, o ano marcado pela pandemia de COVID-19. Analisa as dificuldades enfrentadas pelos decisores nacionais e a forma como estes reagiram aos desafios económicos e sociais da pandemia aquando da tomada de decisões relativas ao salário mínimo. Identifica em que medida o salário mínimo foi abrangido pelas medidas de apoio relacionadas com a COVID-19 e discute os avanços realizados na iniciativa da UE sobre um salário mínimo adequado, congregando as reações dos parceiros sociais ao nível da UE e dos decisores nacionais. O relatório é acompanhado por dois documentos de trabalho complementares: um analisa os desenvolvimentos, ao longo da última década, para trabalhadores com baixos vencimentos e a ganharem o salário mínimo; o outro resume a investigação mais recente sobre os salários mínimos em países da UE, na Noruega e no Reino Unido. 

Read less

Formats and languages

  • Relatório

    Número de páginas: 
    74
    N.º de referência: 
    EF21015
    ISBN: 
    978-92-897-2172-1
    N.º do catálogo: 
    TJ-AS-21-001-EN-N
    DOI: 
    10.2806/47491
    Catalogue info

    Salários mínimos em 2021: Avaliação anual

    Formatos

    Cite esta publicação: 

    Eurofound (2021), Minimum wages in 2021: Annual review, Minimum wages in the EU series, Publications Office of the European Union, Luxembourg.

  • Executive summary

    N.º de referência: 
    EF21015EN1
    Catalogue info

    Salários mínimos em 2021: Avaliação anual

    Autor(es): 
    Eurofound

    Disponível para descarregamento em 22 línguas

    Descarregar
  • Working papers

    Related working papers

  • Tables and graphs

    List of tables

    The report has the following list of tables:

    Table 1: Gross minimum wages, selected EU Member States and the UK, in € and national currencies, 2020 and 2021 compared
    Table 2: Sub-minimum rates for selected EU Member States and the UK as of January 2021
    Table 3: Occupational or sector-related statutory minimum wage rates in Cyprus, Malta and Romania, January 2021
    Table 4: Seniority- or qualification-related top-ups of statutory minimum wage rates for private sector workers, January 2021
    Table 5: Minimum wage rates related to level of hardship or job demands for private sector workers, January 2021
    Table 6: Change in monthly minimum wages in collective agreements (%), between 1 January 2020 and 1 January 2021, for selected low-paid jobs (national currencies)
    Table 7: Minimum wage setting for 2021 – Countries that followed previous commitments
    Table 8: Minimum wage setting for 2021 – Countries that adhered to formulas
    Table 9: Minimum wage setting for 2021 – Countries that fell short of previous targets
    Table 10: Minimum wage setting for 2021 – Countries that opted for cautious increases
    Table 11: Minimum wage setting for 2021 – Countries that froze the level or deferred decisions
    Table 12: Change in the number of employees 2019 to 2020 and proportion of minimum wage workers, by sector


    Table A1: Legal basis for statutory minimum wages
    Table A2: Overview of changes to minimum wage regulations in 2020
    Table A3: Wage rates in collective agreements related to 10 selected low-paid jobs, 2020 to 2021, in national currency
    Table A4: Minimum wage references used in short-time working schemes or for subsidised employment
    Table A5: References to the minimum wage determining the eligibility for income support when employed
    Table A6: Minimum wage references used to determine the level of COVID-19-related benefits for self-employed people, working parents and others
    Table A7: References to the minimum wage determining the eligibility to obtain certain benefits
    Table A8: List of other COVID-19 EU PolicyWatch database cases referred to in this report by country
    Table A9: Network of Eurofound Correspondents

    List of figures

    The report has the following list of figures:

    Figure 1: Breakdown of national decision-makers interviewed, based on organisation type and system type (%)
    Figure 2: Hourly minimum wages (€), selected Member States, 2021  
    Figure 3: Collectively agreed average or median monthly pay in 10 low-paid jobs, January 2021 (€)
    Figure 4: Minimum wage setting for 2021 and the role of the social partners
    Figure 5: Change in number of employees between 2019 and 2020 and proportion of minimum wage workers by occupation, men and women
    Figure 6: Stances towards the proposed directive by respondent type (%)
    Figure 7: Stances towards the proposed directive by type of wage setting (%)

Part of the series

  • Minimum wages in the EU

    This series reports on developments in minimum wage rates across the EU, including how they are set and how they have developed over time in nominal and real terms. The series explores where there are statutory minimum wages or collectively agreed minimum wages in the Member States, as well as minimum wage coverage rates by gender.  

Useful? Interesting? Tell us what you think. Hide comments

Add new comment