IECT 2015 – Metodologia

No seu Inquérito Europeu sobre as Condições de Trabalho (EICT), a Eurofound visa recolher dados fiáveis e comparáveis sobre as condições de trabalho na Europa. A metodologia é melhorada continuamente com base na experiência adquirida e de modo a refletir a metodologia de inquérito mais avançada.

Adjudicatário: Ipsos NV, Bélgica.

Âmbito: os 28 Estados‑Membros da UE, a Noruega, a Suíça, a Albânia, a antiga República Jugoslava da Macedónia, o Montenegro, a Sérvia e a Turquia.

Período de trabalho de campo: fevereiro a setembro de 2015 na UE28, na Noruega e na Suíça; setembro a dezembro de 2015, na Albânia, na antiga República Jugoslava da Macedónia, no Montenegro, na Sérvia e na Turquia.

População-alvo: todos os residentes nos países mencionados com idade igual ou superior a 15 anos (16 anos ou superior na Bulgária, na Noruega, na Espanha e no Reino Unido) e no ativo à data do inquérito. São consideradas pessoas no ativo aquelas que tiverem trabalhado a troco de remuneração ou com vista à obtenção de lucro, pelo menos, uma hora na semana anterior à entrevista (definição da OIT).

Amostra: amostras por estádios, estratificadas e aleatórias da população ativa em cada país. Dependendo da disponibilidade de registos de elevada qualidade, a amostragem foi obtida com recurso a registos a nível individual, a nível de agregado familiar e a nível de morada, ou através de enumeração, utilizando uma abordagem de passeio aleatório. As amostras ao nível de país foram estratificadas por região e por grau de urbanização. Em cada estrato, foram selecionadas aleatoriamente unidades primárias de amostragem (PSU) proporcionais à dimensão. Subsequentemente, foi selecionada uma amostra aleatória de agregados familiares em cada PSU. Por último, foi selecionada a pessoa empregada do agregado familiar cuja data de aniversário fosse a mais próxima do momento da entrevista, exceto se tiverem sido utilizados registos a nível individual.

Dimensão da amostra: na maioria dos países, a dimensão da amostra-alvo foi de 1 000 pessoas. Por forma a refletir a população ativa mais numerosa dos países de maiores dimensões, a amostra-alvo foi aumentada para 1 200 na Polónia, 1 300 em Espanha, 1 400 em Itália, 1 500 em França, 1 600 no Reino Unido e 2 000 na Alemanha e na Turquia. A Eurofound também ofereceu aos países a possibilidade de aumentarem as suas amostras. Esta possibilidade foi seguida na Bélgica, na Eslovénia e na Espanha, o que originou amostras de 2 500, 1 600 e 3 300 pessoas, respetivamente, nesses países. A dimensão total da amostra para os seis EICT nos 35 países foi de 43 850 entrevistas.

Tipo de entrevista: presencial, na residência do respondente; duração média de 45 minutos.

Para mais informações, consulte o Relatório técnico.

Useful? Interesting? Tell us what you think. Hide comments

Add new comment