IECT 2015 – Metodologia

PDF version Printer-friendly version

No seu Inquérito Europeu sobre as Condições de Trabalho (EICT), a Eurofound visa recolher dados fiáveis e comparáveis sobre as condições de trabalho na Europa. A metodologia é melhorada continuamente com base na experiência adquirida e de modo a refletir a metodologia de inquérito mais avançada.

Adjudicatário: Ipsos NV, Bélgica.

Âmbito: os 28 Estados‑Membros da UE, a Noruega, a Suíça, a Albânia, a antiga República Jugoslava da Macedónia, o Montenegro, a Sérvia e a Turquia.

Período de trabalho de campo: fevereiro a setembro de 2015 na UE28, na Noruega e na Suíça; setembro a dezembro de 2015, na Albânia, na antiga República Jugoslava da Macedónia, no Montenegro, na Sérvia e na Turquia.

População-alvo: todos os residentes nos países mencionados com idade igual ou superior a 15 anos (16 anos ou superior na Bulgária, na Noruega, na Espanha e no Reino Unido) e no ativo à data do inquérito. São consideradas pessoas no ativo aquelas que tiverem trabalhado a troco de remuneração ou com vista à obtenção de lucro, pelo menos, uma hora na semana anterior à entrevista (definição da OIT).

Amostra: amostras por estádios, estratificadas e aleatórias da população ativa em cada país. Dependendo da disponibilidade de registos de elevada qualidade, a amostragem foi obtida com recurso a registos a nível individual, a nível de agregado familiar e a nível de morada, ou através de enumeração, utilizando uma abordagem de passeio aleatório. As amostras ao nível de país foram estratificadas por região e por grau de urbanização. Em cada estrato, foram selecionadas aleatoriamente unidades primárias de amostragem (PSU) proporcionais à dimensão. Subsequentemente, foi selecionada uma amostra aleatória de agregados familiares em cada PSU. Por último, foi selecionada a pessoa empregada do agregado familiar cuja data de aniversário fosse a mais próxima do momento da entrevista, exceto se tiverem sido utilizados registos a nível individual.

Dimensão da amostra: na maioria dos países, a dimensão da amostra-alvo foi de 1 000 pessoas. Por forma a refletir a população ativa mais numerosa dos países de maiores dimensões, a amostra-alvo foi aumentada para 1 200 na Polónia, 1 300 em Espanha, 1 400 em Itália, 1 500 em França, 1 600 no Reino Unido e 2 000 na Alemanha e na Turquia. A Eurofound também ofereceu aos países a possibilidade de aumentarem as suas amostras. Esta possibilidade foi seguida na Bélgica, na Eslovénia e na Espanha, o que originou amostras de 2 500, 1 600 e 3 300 pessoas, respetivamente, nesses países. A dimensão total da amostra para os seis EICT nos 35 países foi de 43 850 entrevistas.

Tipo de entrevista: presencial, na residência do respondente; duração média de 45 minutos.

Para mais informações, consulte o Relatório técnico.

Useful? Interesting? Tell us what you think. Hide comments

Add new comment

Click to share this page to Facebook securely

Click to share this page to Twitter securely

Click to share this page to Google+ securely

Click to share this page to LinkedIn securely