Quem somos

Missão

A Fundação Europeia para a Melhoria das Condições de Vida e de Trabalho (Eurofound) é uma agência tripartida da União Europeia que tem como missão disponibilizar conhecimentos para ajudar a desenvolver melhores políticas sociais, de emprego e laborais. A Eurofound foi criada em 1975 pelo Regulamento (CEE) n.º 1365/75 do Conselho com a missão de contribuir para a conceção e o estabelecimento de melhores condições de vida e de trabalho na Europa.

Função

A função da Eurofound consiste em fornecer informações, assessoria e conhecimentos especializados – em matéria de condições de trabalho e trabalho sustentável, relações laborais, mudança do mercado de trabalho, qualidade de vida e serviços públicos – aos principais intervenientes na área da política social da UE, com base em informações comparativas, investigação e análise.

Organização

A Eurofound é gerida por um diretor e um diretor-adjunto, que respondem perante um Conselho de Direção. O atual diretor é Juan Menéndez-Valdés, que assumiu funções em 1 de dezembro de 2010. A diretora-adjunta, Erika Mezger, assumiu funções em julho de 2009. Os diretores são nomeados pela Comissão Europeia a partir de uma lista fornecida pelo Conselho de Direção. O Conselho, composto por representantes dos governos e parceiros sociais (empregadores e sindicatos), é responsável pela elaboração dos programas de trabalho plurianual e anual.

A Eurofound possui, além disso, um Gabinete de Ligação em Bruxelas, com a dupla função de reforçar a visibilidade e o impacto do trabalho de investigação desenvolvido pela Eurofound ao nível da UE e de acompanhar a evolução na definição de políticas.

Os cerca de 100 membros da equipa são provenientes de vários Estados-Membros e têm diferentes percursos profissionais e pessoais. Ocasionalmente, é destacado um pequeno número de peritos das administrações nacionais.

Os escritórios da Eurofound estão concentrados em torno da Loughlinstown House em Dublim, na Irlanda, um edifício datado do século XVII.

Público-alvo

A Eurofound visa apoiar a atividade de definição de políticas por parte de instituições da UE, governos, empregadores, sindicatos e organizações da sociedade civil.