EQLS - Inquérito Europeu sobre a Qualidade de Vida

Realizado de quatro em quatro anos, este inquérito pan-europeu único examina as circunstâncias específicas da vida dos cidadãos europeus assim como a perceção dessas condições e da vida em geral. Analisa um conjunto de questões, como o emprego, o rendimento, a educação, a habitação, a família, a saúde e a conciliação entre vida profissional e vida privada, bem como temas subjetivos tais como o grau de satisfação das pessoas, o seu nível de satisfação com a vida, e a sua perceção da qualidade da sociedade na qual se inserem.

A realização regular deste inquérito tem permitido detetar possíveis tendências-chave em matéria de qualidade de vida das pessoas ao longo do tempo. Os inquéritos anteriores revelaram, por exemplo, que as pessoas se vêem confrontadas com cada vez mais dificuldades financeiras desde o início da crise económica. Em muitos países, o grau de tensão entre pessoas de diferentes grupos étnicos aumentou; por toda a Europa as pessoas depositam menos confiança nos seus governos do que anteriormente. Não obstante, a vida familiar e as relações pessoais continuam a ser o principal fator de satisfação.

Nos últimos anos, o EQLS transformou-se num conjunto valioso de indicadores que complementam os indicadores tradicionais de crescimento económico e o nível de vida tais como o PIB ou o rendimento. Apesar de os indicadores EQLS serem tão claros e apelativos como o PIB, eles são no entanto mais inclusivos, incorporando as questões sociais e ambientais do progresso, sendo por isso fácil integrá-los no processo de tomada de decisões e tê-los em conta em debates públicos a nível nacional e da União Europeia.

Em cada vaga de inquéritos foi selecionada aleatoriamente uma amostra de pessoas adultas para uma entrevista pessoal. Tendo em conta os alargamentos previstos da União Europeia e o interesse revelado pelos países da EFTA, a cobertura geográfica do inquérito foi alargada ao longo do tempo:

  • Primeiro EQLS em 2003 - 28 países: 27 Estados‑Membros da UE e Turquia
  • Segundo EQLS em 2007-2008 31 países: 27 Estados-Membros da UE, Croácia, antiga República Jugoslava da Macedónia, Turquia e Noruega
  • Terceiro EQLS em 2011-2012 - 34 países: 27 Estados-Membros da UE e Croácia, Islândia, antiga República Jugoslava da Macedónia, Montenegro, Sérvia, Turquia e Kosovo.

Além disso, foi colocada uma série de questões do segundo EQLS no quadro de um inquérito do eurobarómetro realizado em 2009, que permitiu a elaboração do estudo Tendências sobre a qualidade de vida na UE: 2003-2009.

Os dados da EQLS e de outras fontes complementares alimentam igualmente a base de dados eletrónica da Eurofound’ que agrupa os indicadores estatísticos em matéria de qualidade de vida (EurLIFE).