Emprego e mercados de trabalho

23 June 2022

O emprego e os mercados de trabalho são uma das seis principais atividades do programa de trabalho da Eurofound para o período de 2021-2Read more

O emprego e os mercados de trabalho são uma das seis principais atividades do programa de trabalho da Eurofound para o período de 2021-2024. A Eurofound continuará a funcionar como centro especializado para a monitorização e análise dos desenvolvimentos no mercado de trabalho, em particular num momento em que os mercados de trabalho europeus são confrontados com grandes desafios na sequência da pandemia de COVID-19. As suas atividades de recolha de dados e de investigação centrar-se-ão nas consequências da pandemia para o trabalho e o emprego, e em formas de manter o funcionamento e a inclusividade do mercado de trabalho.

Durante o período 2021-2014, a investigação da Eurofound oferecerá perspetivas importantes sobre os desafios e previsões na área do emprego e dos mercados de trabalho na UE. A Eurofound tem um papel importante a desempenhar no acompanhamento das tendências do mercado de trabalho, bem como na monitorização do impacto destas tendências para os diferentes grupos de trabalhadores.

A investigação incidirá, em geral, na mudança da estrutura do mercado de trabalho, utilizando os instrumentos de acompanhamento bem estabelecidos da Eurofound, o Observatório Europeu do Emprego (EJM) e o Observatório Europeu da Reestruturação (ERM), juntamente com os dados do Eurostat. Com elevados níveis de desemprego esperados em alguns países, regiões, setores e profissões, afetando também os trabalhadores mais precários e vulneráveis, estes instrumentos ajudarão a identificar setores, profissões e qualificações em crescimento e em declínio. O ERM continuará igualmente a analisar eventos de restruturação de grande escala, instrumentos legislativos e de apoio, bem como medidas desenvolvidas pelos parceiros sociais e pelas autoridades públicas para ajudar os trabalhadores a transitar entre empregos ou setores.

A Eurofound centrar-se-á também na escassez de mão de obra e na subutilização de recursos humanos e talento em determinados setores e profissões, acentuadas durante a pandemia, explorando as intervenções políticas e as práticas das empresas. Os temas específicos incluirão o desajuste de competências as horas de trabalho , a mobilidade geográfica ou profissional, e a integração dos migrantes , e abrangerão os grupos sub-representados no mercado de trabalho, como os jovensas mulheres as pessoas com deficiência . A Eurofound irá ainda analisar os setores tradicionalmente afetados pela escassez de mão de obra, uma questão que se tornou mais urgente devido à pandemia. Esta atividade contribuirá para os trabalhos preparatórios da próxima edição do Inquérito Europeu às Empresas (ECS) .

A colaboração da Eurofound com o Centro Comum de Investigação (CCI) da Comissão Europeia continuará também neste domínio. A investigação sobre a reestruturação contribuirá para as atividades do Fundo Europeu de Ajustamento à Globalização (FEG) e do Fundo Social Europeu+ (FSE+). Serão exploradas as relações com a agência-irmã Cedefop e a Autoridade Europeia do Trabalho no que diz respeito às competências e à mobilidade laboral no contexto das políticas de emprego destinadas a fazer face à escassez de mão de obra.

«Seis em cada dez pessoas continuam a estar abrangidas por contratos de duração indeterminada e não limitada no tempo. Embora os números que temos sobre "emprego atípico", ou seja, trabalho a tempo parcial e a termo certo, não tenham realmente mudado nos últimos cinco a dez anos, eles escondem um movimento para formas de trabalho mais precárias e quem está abrangido por contratos precários não tem o mesmo acesso ao emprego ou à proteção social.»

Tina Weber, Gestora de Investigação, Unidade de Emprego

Read less

Alterações recentes

Watch the webinar: A better Europe for young people – What matters most?

Joint webinar - European Commission’s DG for Education and Culture (DG EAC), Eurofound and the International labour...

Ethics in the digital workplace

Digitisation and automation technologies, including artificial intelligence (AI), can affect working conditions in a...

Eurofound and IIEA discuss labour market change and future of work

The Directors and senior staff of Eurofound and the Institute of European Affairs (IIEA) met at Eurofound, Dublin on 2...

Receive updates

Subscribe to updates on our work in the area of Emprego e mercados de trabalho

Subscribe

Abordar as prioridades das partes interessadas

Top

A investigação da Eurofound tem por objetivo auxiliar as medidas políticas, fornecendo conhecimentos para apoiar as mudanças estruturais, em especial na sequência da pandemia de COVID-Read more

A investigação da Eurofound tem por objetivo auxiliar as medidas políticas, fornecendo conhecimentos para apoiar as mudanças estruturais, em especial na sequência da pandemia de COVID-19. Visa ajudar a enfrentar os desafios que se colocam à UE e aos diferentes países nos domínios do emprego e das estruturas do mercado de trabalho.

Concretamente, a Eurofound recolhe dados e analisa as tendências da evolução do emprego e do mercado de trabalho, identificando e analisando as lacunas e grupos de risco, a fim de prestar à Comissão Europeia e às outras instituições da UE, aos organismos dos Estados-Membros e aos parceiros sociais o apoio necessário para conceber políticas de emprego mais eficazes.

O programa de trabalho da Agência está alinhado com as orientações políticas da Comissão Europeia para 2021-2024 e fornecerá um contributo direto numa série de domínios de ação essenciais para criar uma Europa social forte. Em particular, a investigação da Eurofound apoiará iniciativas políticas no âmbito do Pilar Europeu dos Direitos Sociais na sequência da crise da COVID-19, e as atividades relacionadas com, entre outras iniciativas, a Estratégia Europeia para a Igualdade de Género 2020-2025, a Garantia para a Juventude reforçada, o Pacote de Apoio ao Emprego dos Jovens, a agenda de competências, bem como a inovação e a criação de emprego, e a proposta da Comissão Europeia de salários mínimos adequados na UE.

Read less

Principais mensagens políticas

Top

Employment and labour markets infographic
Infografia

As principais conclusões resultantes da investigação da Eurofound servem de contributo para que os decisores políticos abordem algumas das principais questões neste domínio.

· Antes da divulgação do impacto económico da crise da COVID-19, a recuperação do mercado de trabalho na Europa aproximava a taxa de emprego da UE do seu objetivo de 75 % para a UE-2020. Embora de natureza específica, as crises anteriores mostraram que manter os trabalhadores no mercado de trabalho e, sempre que possível, reforçar as competências são formas importantes de garantir uma recuperação rápida.

· O crescimento do emprego tem sido consistentemente mais fraco nos empregos de remuneração média – principalmente durante as recessões – e consistentemente mais forte em empregos bem remunerados.

· A estabilidade dos níveis de trabalho atípico está a mascarar um aumento do trabalho precário para certos grupos, com um número crescente de trabalhadores em «outros» ou «sem contratos». A pandemia de COVID-19 está a expor ainda mais a situação destes trabalhadores que foram mais duramente atingidos pela crise e que correm o risco de serem mais gravemente afetados a longo prazo.

· O aumento de diferentes formas de trabalho atípico está a conduzir a divisões mais profundas nos mercados de trabalho da UE entre os trabalhadores que beneficiam de proteção e os que têm um acesso limitado à proteção social e aos direitos laborais, contribuindo para uma maior segmentação do mercado de trabalho. É o que acontece, em particular, com o número crescente de pessoas com um emprego «atípico combinado» (inclui uma combinação de estatutos de trabalho não convencionais: por exemplo, temporário e a tempo parcial, independente e a tempo parcial).

· O atual aumento dos empregos precários exigirá soluções políticas para apoiar os trabalhadores com acesso limitado à proteção e representação sociais. Isto é ainda mais relevante no contexto do impacto emergente do surto de COVID-19, que coloca riscos existenciais particulares a muitos trabalhadores precários e independentes.

Read less

Investigação atual e em curso

Top

Em 2022, a Eurofound continuará a acompanhar e analisar a forma como a estrutura do mercado de trabalho da UE está a mudar, examinando os padrões relacionados com o estatuto do emprego, as características demográficas dos trabalhadores, a criação líquida de emprego e a perda de empregos por setorRead more

Em 2022, a Eurofound continuará a acompanhar e analisar a forma como a estrutura do mercado de trabalho da UE está a mudar, examinando os padrões relacionados com o estatuto do emprego, as características demográficas dos trabalhadores, a criação líquida de emprego e a perda de empregos por setor e profissão, em particular à luz da COVID-19. A análise basear-se-á em dados do Observatório Europeu do Emprego (EJM), do Observatório Europeu da Reestruturação (ERM) e do Eurostat.

A investigação sobre a avaliação da eficácia de tipos específicos de medidas políticas para fazer face à escassez de mão de obra prosseguirá em 2022. A ênfase será colocada em ações de combate à escassez em setores ou profissões específicos onde a escassez existente foi agravada pela COVID-19 e destinadas a promover a ativação de grupos atualmente sub-representados no mercado de trabalho, tais como jovens, mulheres, pessoas com deficiência e migrantes. Será explorada a cooperação com o Cedefop e a Autoridade Europeia do Trabalho em matéria de mobilidade laboral e será tida em conta a investigação existente levada a cabo pela Comissão Europeia.

Em 2022, estarão também disponíveis novas atualizações tanto da base de dados do EJM, como da base de dados de eventos do ERM. O conteúdo da base de dados de instrumentos de apoio do ERM será incorporado na base de dados «EU PolicyWatch» da Eurofound.

A investigação da Eurofound em 2022 centrar-se-á na reestruturação do setor financeiro devido à digitalização e outros desenvolvimentos, bem como nas mudanças de emprego relacionadas com a transição para uma economia neutra em termos de carbono e o seu efeito na qualidade global do emprego. Esta informação será complementada com as medidas recolhidas na base de dados «EU PolicyWatch».

As secções seguintes dão acesso a uma série de publicações, dados e trabalhos em curso sobre este tema.

Read less
  • Publications (1741)
  • Data
  • Ongoing work (6)

Ongoing work

Research continues in this topic on a variety of themes, which are outlined below with links to forthcoming titles. 

Receive updates

Subscribe to updates on our work in the area of Emprego e mercados de trabalho

Any personal data (names, e-mail, etc.) that you provide to us by completing the forms which appear on our website (e.g. comment forms) will be processed in accordance with Regulation (EU) 2018/1725 of the European Parliament and of the Council of 23 October 2018 on the protection of natural persons with regard to the processing of personal data by the Union institutions, bodies, offices and agencies and on the free movement of such data. The purpose of collection of personal data is to allow interaction between Eurofound and external users who provide their feedback on or express their interest in our work.

You have the right to obtain access to and rectification of your personal data. You may also, under certain circumstances, ask to have this data blocked or request the erasure of personal data which you consider to have been unlawfully processed; or object to the processing of your personal data at any time on legitimate compelling grounds relating to your particular situation.